15.8 C
Sintra
Terça-feira, Setembro 28, 2021
Início Notícias Ambiente Município do Cadaval põe em marcha plano de combate à lagarta-do-pinheiro

Município do Cadaval põe em marcha plano de combate à lagarta-do-pinheiro

Os pêlos da lagarta-do-pinheiro em contacto com a pele, mucosas e olhos podem gerar uma reação alérgica grave

PUB

No âmbito do Plano de Combate à Processionária do Pinheiro, a Câmara Municipal tem levado a cabo diversas ações de monitorização e controlo, colocando armadilhas para capturas das lagartas, em locais de maior risco, como espaços escolares, parques e jardins.

A processionária, ou lagarta-do-pinheiro, é um inseto desfolhador das resinosas. Tem o corpo dividido em pequenos segmentos, cada um dos quais com milhares de pelos urticantes, de coloração alaranjada, que se vão libertando e espalhando pelo ar, à medida que a lagarta se desloca, formando as designadas procissões.

São estes pelos que, em contacto com a pele, mucosas e olhos podem gerar uma reação alérgica grave. As crianças e os canídeos são os principais grupos de risco, pela curiosidade que lhes é intrínseca.

Apesar de tudo, as lagartas de processionária têm, tal como todos os seres vivos, um papel importante, uma vez que são fonte de alimento para inúmeras aves (chapins e poupas), morcegos, entre outros animais.

Sendo os pinheiros uma espécie abundante nos espaços escolares, parques e jardins públicos do Cadaval, é importante conhecer os riscos e saber como atuar perante esta praga, presente no Concelho nesta altura do ano.

Como tal, o controlo da praga está, sobretudo, a acontecer nas escolas e jardins-de-infância, áreas de jogos e recreio ou parques e jardins públicos, com elevada afluência de pessoas.

O que fazer, se encontrar lagartas do pinheiro?

Se as lagartas do pinheiro forem encontradas em área florestal (que não seja sua propriedade) mantenha-se afastado. Se as encontrar em espaços públicos de áreas urbanas, afaste-se e entre em contacto com o Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal.

Nas escolas e outros locais onde estejam presentes crianças, impedir, sempre que possível, o seu acesso à zona das árvores atacadas, sobretudo na altura em que as lagartas descem da árvore.

Em caso de aparecimento de sintomas de alergia, contacte de imediato o centro de saúde local.

Se as lagartas forem encontradas na sua propriedade, deve tomar as medidas necessárias e recomendadas para controlar ou eliminar a presença do inseto, evitando a sua dispersão.

Em caso de dúvidas, contacte o Gabinete Técnico Florestal da Câmara do Municipal por mail (gtf@cm-cadaval.pt) ou pelo telefone 262 690 100.

- PUB -

EM DESTAQUE

Mais de 5 milhões de consumidores de gelados

O estudo TGI da Marktest quantifica, na vaga de julho de 2021, em 5 276 mil o número de indivíduos que referem ter consumido...

Dia Mundial do Turismo – Peddy-Paper “Ser Turista na minha Vila”

Percurso turístico Circuito da Vila. A prova é constituída por perguntas de observação, cultura local e tarefas relacionadas com os locais de...

Testado comboio movido a hidrogénio em França

O primeiro comboio do mundo movido a hidrogénio foi testado em França. A ideia do governo é que nos próximos dois anos...

Quinta da Ribafria recebe 16.º Encontro de Alternativas em Sintra

Tempo de Agir é o mote para o 16.º Encontro de Alternativas em Sintra, que tem lugar de 1 a 3 de...