20.9 C
Sintra
Domingo, Agosto 1, 2021
Início Notícias Cultura Sintra homenageia Maria Almira Medina

Sintra homenageia Maria Almira Medina

Centenário do Nascimento de Maria Almira Medina

PUB

No ano em que se assinala o Centenário do Nascimento de Maria Almira Medina o município de Sintra homenageia a vida e obra da escritora.

O Presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, irá descerrar uma Placa em Homenagem à Artista e Escritora, este sábado (29 de agosto) pelas 16h30, no Jardim dos Sabores, na Volta do Duche.

Ainda no decorrer das comemorações do Centenário da Maria Almira Medina, o MHNS -Museu de História Natural de Sintra recebe a  exposição “Centenário – Maria Almira Medina” de 17 de setembro a 8 de novembro. Também no mês de setembro o museu abrirá portas a “ALMERINDA – Uma História de Amor ao Próximo,” uma peça de Teatro Infantil e de educação ambiental, levada a cabo pelo Grupo Acusa Teatro.

Maria Almira Pedrosa Medina nasceu em Tavarede, Figueira da Foz, a 29 de agosto de 1920 e viveu em Sintra desde os seis anos de idade até ao seu falecimento em 2016, tornando-se um importante marco na história da cultura sintrense.

Licenciada em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e com o curso de Ciências Pedagógicas, foi docente, animadora do ensino do teatro e da poesia, junto de escolas secundárias, foi também coordenadora de jornais escolares impressos que incentivaram exposições, colóquios e atividades regionais, exerceu a sua atividade como tradutora de francês, espanhol e romeno.

Alternando entre o texto e a ilustração, colaborou com várias revistas, livros escolares e jornais nacionais, dos quais destacamos o Jornal de Sintra; A Pena; Sintra Regional, Jornal de Letras e Artes, O Século; Jornal de Notícias, e muitos outros.

Foi diretora da revista “Sintra Regional” e após a morte do seu pai, António Medina Júnior [fundador do “Jornal de Sintra”] assumiu a direção do jornal entre o ano de 1983 e 1991. No ano de 1943 teve lugar em Sintra, a sua primeira exposição coletiva – I Exposição dos Artistas Sintrenses – a que se sucederam muitas outras mostras em Portugal e pelo mundo.

- PUB -

EM DESTAQUE