15.5 C
Sintra
Sexta-feira, Outubro 22, 2021
Início Europa Europa cria aliança para investigar COVID-19

Europa cria aliança para investigar COVID-19

Novo programa "I-Move-Covid-19" pretende estudar casos e o funcionamento da futura vacina e de outros antídotos contra o vírus

PUB

Numa sala de espera, perto de Lyon, França, Elliot aguarda pela vez de ser atendido pelo médico. Tem tosse e febre, dois dos sintomas da covid-19, a pandemia que assolou o mundo e à qual a Europa quer dar uma resposta coordenada.

O “I-Move-Covid-19” é apoiado por fundos da União Europeia relacionados com pesquisa e inovação, em sinergia com a política comunitária de coesão, e pretende estudar casos e o funcionamento da futura vacina e de outros antídotos contra o vírus. O objetivo é obter o máximo de informação, seguindo a mesma metodologia entre todos os parceiros e países participantes. E tudo tem início no hospital de cuidados primários francês, onde é diagnosticada a covid-19.

“Estamos na fase de desconfinamento e o que fazemos agora é tentar identificar o mais rapidamente possível novos casos e isolá-los, para evitar uma nova contaminação e um efeito de ricochete. O que procuramos com esta vacina é o fim deste surto. Assim que tivermos a vacina, será muito mais fácil”, afirma Laurent Combes, médico de clínica geral no hospital.

O projeto é apoiado pela Política de Coesão Europeia em mais de 2 milhões e 800 mil euros e envolve 22 parceiros, na sua maioria instituições públicas, da Albânia, da Bélgica, da Irlanda, da Lituânia, dos Países Baixos, de Portugal, de Inglaterra, da Escócia, da Roménia, da Suécia, de França e de Espanha.

- PUB -

EM DESTAQUE