18 C
Sintra
Sábado, Setembro 25, 2021
Início Portugal 90% dos Portugueses concordam com Estado de Emergência declarado pelo Presidente da...

90% dos Portugueses concordam com Estado de Emergência declarado pelo Presidente da República

90% dos Portugueses concordam com a decisão do Presidente da República na declaração do estado de emergência

PUB

Segundo uma sondagem realizada pela Marktest, a grande maioria dos portugueses concordam com a decisão do Presidente da República em declarar o estado de emergência.

Embora divididos, 52% dos portugueses consideram que a decisão do PR, de decretar o Estado de Emergência em Portugal, já deveria ter sido tomada há mais tempo. Em consequência da pandemia do Covid-19, 42% dos portugueses encontram-se numa situação de Teletrabalho e 70% acredita que Portugal vai enfrentar o problema do novo Coronavírus e das suas limitações durante os próximos 3 meses. O maior receio dos portugueses é sem dúvida a Taxa de Mortalidade desta doença (indicado por 35% dos entrevistados).

A Marktest realizou uma sondagem de opinião junto da população portuguesa, logo após a comunicação do Presidente da República, ontem dia 18 de Março, sobre a declaração do estado de emergência nacional devido à pandemia de novo Coronavírus.

Da análise dos resultados, constata-se que 90% concorda com a decisão do Presidente da República em declarar o estado de emergência.

Quanto ao momento da decisão, as opiniões dividem-se: 52% considera que a decisão já deveria ter sido tomada e 42% consideram que foi tomada na altura certa; apenas 6% consideram que a decisão deveria ser adiada por mais algum tempo.

Quanto às implicações desta decisão na atividade laboral dos portugueses, a mesma parece não ter grande impacto no dia a dia, isto porque 33%, vão continuar a exercer a sua atividade, nos respetivos locais de trabalho, e 30% já tinham iniciado recentemente a atividade em teletrabalho. Para os outros 27%, esta decisão terá impacto, já que 12% passam agora a exercer a atividade por via do Teletrabalho e 14% vão para casa deixando efetivamente de trabalhar. Significa isso, que a população adulta em situação de teletrabalho atualmente é de 42%.

À pergunta: “Durante quanto tempo mais Portugal vai enfrentar o problema do Coronavírus e as limitações associadas ao mesmo?”, os portugueses estão conscientes do tempo que as circunstâncias que estamos a viver podem durar: para 31% pelo menos 2 a 3 meses e para 34% entre 1 a 2 meses.

Por último, assinalar que o TOP 3 dos maiores receios dos portugueses são de facto a Taxa de Mortalidade do vírus, a Falência da Economia Nacional e do próprio SNS.

A presente sondagem foi realizada pela Marktest, através de CAWI (Computer Assisted Web Intereview), junto de uma amostra de 501 inquiridos, com mais de 18 anos, residentes em Portugal Continental. Os resultados do estudo foram ponderados e extrapolados para o universo em estudo ( 8.250.000).

A recolha da informação decorreu entre as 21h00 do dia 18 de Março e as 16h00 do dia 19 de Março de 2020. A selecção dos entrevistados, fez-se com recurso a um Access Panel da Marktest. A partir deste Access Painel, procedemos a extrações aleatórias de potenciais entrevistados, de acordo com as regras definidas ao nível da seleção amostral (método de quotas pelas varíaveis género, idade e região Marktest). Para garantir a segurança da comunicação online, a Marktest utiliza um protocolo de segurança que permite salvaguardar a leitura e interceção, por terceiros, dos dados transmitidos no momento do preenchimento do inquérito.

- PUB -

EM DESTAQUE

Testado comboio movido a hidrogénio em França

O primeiro comboio do mundo movido a hidrogénio foi testado em França. A ideia do governo é que nos próximos dois anos...

CPV lança formação gratuita em Voluntariado

A Confederação Portuguesa de Voluntariado irá promover, nos próximos dias 28 de setembro e 12 de outubro, duas novas sessões online de...

Dia Mundial do Turismo – Peddy-Paper “Ser Turista na minha Vila”

Percurso turístico Circuito da Vila. A prova é constituída por perguntas de observação, cultura local e tarefas relacionadas com os locais de...

Mais de 5 milhões de consumidores de gelados

O estudo TGI da Marktest quantifica, na vaga de julho de 2021, em 5 276 mil o número de indivíduos que referem ter consumido...